Release 2022

VIII Festival de Ópera do Paraná

Oitava edição do Festival de Ópera do Paraná tem programação gratuita no Teatro Guaíra

O Centro Cultural Teatro Guaíra receberá as montagens de três produções e um simpósio de canto do VIII Festival de Ópera do Paraná, que acontece de 8 a 13 de novembro, com entrada franca para todos os interessados.


A programação abre com o 5º Simpósio Brasileiro de Canto, tendo as professoras Emerli Schlögl ministrando uma importante palestra sobre Técnica Vocal e a professora Débora Bérgamo com a História do Teatro Musical.


O diretor geral do evento, Gehad Hajar, frente ao festival pelo oitavo ano consecutivo, disse que aguarda o retorno da população ao teatro depois do período pandêmico: “A manutenção da gratuidade de toda a programação e a retomada das produções encenadas são as demonstrações de superação dos últimos dois anos que brecaram quase toda indústria criativa”, enfatiza.


A edição deste ano conta com a direção artística da veterana atriz Ítala Nandi, que este ano completou 80 anos de idade e 63 de carreira. Para ela, a música nos permite sair do pessimismo pós-moderno. “Por quê? Porque o novo mundo, quântico, atual, ainda não se encontra claramente manifesto, e as pessoas não conseguem reconhecer o novo contexto sociocultural para julgar uma obra que já se encontra nele”, argumenta.


A programação operística começa com duas récitas de O Elixir do Amor, de Donizetti, produzido pelo Núcleo de Performance da Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Também haverá apresentações de cenas do musical Os Miseráveis, de Claude-Michel Schönberg, baseado na obra de Victor Hugo. “A história se passa em plena Revolução Francesa e narra a trajetória de Jean Valjean, homem pobre que ficou 19 anos preso por roubar pão para sustentar sua família” conta a diretora de produção Lúcia Jatahy.

Ópera comemorativa à Independência do Brasil


O encerramento do evento fica para uma ópera contemporânea brasileira: “Molhem Minha Goela com Cachaça da Terra”, com libreto sobre poesia de Luiz Carlos Prestes Filho, conta os momentos derradeiros de Tiradentes, o protomártir da Independência do Brasil, que se comemora o bicentenário neste ano.


O autor do libreto que também é compositor da música juntamente com Lucas Bueno, defende que Tiradentes foi “o verdadeiro herói da independência” e não Dom Pedro I.


As apresentações serão na Casa Eliseu Voronkoff, em Araucária, e no Guairinha. Os arranjos são de Modesto Fonseca, com execução de orquestra de cordas da Universidade Federal de São João del-Rei.


Para Silvia Berg, compositora de música contemporânea, “as melodias da obra são canções tem um misto de brasilidade com resquícios melódicos russos em diferentes proporções”.


Não é necessário retirar ingressos e os espaços abrem uma hora antes de cada récita. Toda programação pode ser consultada em www.festivaldeopera.org



SERVIÇO:

VIII Festival de Ópera do Paraná

de 8 a 13 de novembro de 2022

Centro Cultural Teatro Guaíra e Casa Eliseu Voronkoff


ENTRADA GRATUITA


PROGRAMAÇÃO


• O Elixir do Amor (ópera)

11 de novembro - 20h

12 de novembro - 20h

Guairinha

• Les Misérables (musical)

11 de novembro - 21:30h

12 de novembro - 21:30h

Guairinha

• Molhem Minha Goela com Cachaça da Terra (ópera)

12 de novembro - 18h

Casa Eliseu Voronkoff (Araucária)

13 de novembro - 18h

Guairinha

5º Simpósio Brasileiro de Canto

• Técnica Vocal (Profª Emerli Schlögl)

8 de novembro - 10h

Miniauditório (Teatro Guaíra)

• História do Teatro Musical (Profª Débora Bérgamo)

9 de novembro - 10h

Miniauditório (Teatro Guaíra)

• Apresentações e comunicações de pesquisas acadêmicas

10 de novembro - 10h

Miniauditório (Teatro Guaíra)

 

Fotos de divulgação

A mezzo Carol Osternack e o pianista Leonardo Cadorin em recita para crianças no Bosque Za

A mezzosoprano Carol Osternack e o pianista Leonardo Cadorin em récita para crianças no Bosque Zaninelli.


Foto Bruno Araújo

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural

Coro Lírico de Curitiba em recital no Oratório Bach.


Foto Bruno Araújo

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural

Coro Lírico de Curitiba no Oratório Bach. Foto Bruno Araújo.jpg
Atriz Ítala Nandi, diretora artística do evento, palestrando em 2021. Foto Bruno Araújo.jp

Atriz Ítala Nandi, diretora artística do evento, palestrando em 2021.

Foto Bruno Araújo

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural

Receitais Populares do VII Festival de Ópera do Paraná no Circo da Cidade - Lona Zé Priguiça.


Foto Cido Marques

© Fundação Cultural de Curitiba/Prefeitura Municipal de Curitiba

VII Festival de Ópera do Paraná no Circo da Cidade. Foto Cido Marques.jpg
20162711_guilhermeartigas_llFOPrita (31).jpg

Montagem da ópera "Rita", pela Companhia Paranaense de Ópera, em 2016.

Foto Guilherme Artigas

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural

Ítala Nandi palestrando no Teatro Novelas Curitibanas, durante a programação do VII FOP.


Foto Bruno Araújo

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural

Atriz Ítala Nandi, diretora artística do FOP, palestrando em 2021. Foto Bruno Araújo.jpg
A cantora Adaile Domingues se apresenta durante o período de pandemia. Foto Bruno Araújo.j

A cantora Adaile Domingues se apresenta durante o período de pandemia na Capela Santa Maria.


Foto Bruno Araújo

© Festival de Ópera do Paraná/Guairacá Cultural